Notícias

1 22/02/2024 10:57

Cristina Pita

A Polícia Civil de Amargosa prendeu um professor acusado de assediar e importunar sexualmente seis alunas de 15 e 16 anos. O professor, que dá aula de matemática e religião, responde a processos pelo mesmo crime no município de São Francisco do Conde e também é professor na cidade de Milagres, onde ministra aulas de reforço escolar como meio de chegar até as estudantes.

De acordo com informações do delegado de Amargosa, Marcos Maia, em entrevista ao repórter Antônio Carlos, da Andaiá FM, até fora do ambiente escolasr, o professor procurava as alunas. "Ele ficava sozinho com as alunas, as importunava sexualmente e as assediava enquanto dava aulas de reforço escolar na sala de reunião dos professores. Neste momento, o suspeito tocava as partes íntimas das adolescentes", relatou o delegado.

Ainda de acordo com o titular da DT de Amargosa, o professor tentava manter contato com as estudantes mesmo fora do ambiente escolar. "As denúncias começaram em setembro do ano passado e todos os fatos foram averiguados para reunir provas contundentes para o caso. As adolescentes, que tem entre quinze e dezesseis anos, foram ouvidas e os detalhes do caso foram adicionados ao processo.

Após uma das adolescentes fazer a denúncia, as outras também denunciaram o professor. “Solicitei ao poder judiciário e ao Ministério Público, que procedesse com uma ação para realizar a audiência especial com as adolescentes porque não temos aqui local apropriado para proceder esse ato,” lamentou o delegado.

Esse mesmo professor já responde por outro processo pelo mesmo crime."A sentença cabe ao poder judiciário. Nós investigamos esse indivíduo, ele já responde em outra comarca, pelos mesmos crimes aqui tratados e agora fica a critério do poder judiciário a aplicação da sentença", disse.

Ainda conforme o delegado, o professor é investigado em outras cidades. “Na comarca de São Francisco do Conde, realmente tramita alguns processos criminais que versam sobre esse mesmo crime aqui tratado", afirmou.

O delegado Marcio Maia pede que outras vítimas do professor procurem a Delegacia para maiores averiguações. “Sobre o caso de Amargosa, as investigações foram encerradas. Já encaminhamos o caso ao poder judiciário, com toda a documentação, com todos os meios e provas, que foi possível reunir nesse processo. Ele foi indiciado formalmente pelo crime de importunação sexual contra seis adolescentes e agora o Ministério Público vai analisar o caso. Se oferece denúncia ou não. Uma vez oferecendo denúncia, vai virar processo e a partir daí corre o procedimento", finalizou o delegado titular de Amargosa, Marcos Maia.







Rua Tiradentes, 30 – 4º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.430-180
Tel.: (75) 3631-2677 | 3631-2924 | 3631-9500 | 9 9711-6971 (Whatsapp) - Definitivamente a melhor.
© 2010 - Rádio Andaiá FM - Todos os direitos reservados.